A origem dos sentimentos: Uma linda parábola sobre o amor

Publicado por Equipe Quizlandia em

Esta história irá te lembrar que, mesmo quando você acha que tudo está perdido, o amor continuará a mostrar que a vida é tão bonita quanto você quiser.

Desde que nascemos, cada um de nós, sem exceção, precisa tanto de amor quanto de comida. A sensação de segurança de um abraço, o calor de um beijo, a calma de uma carícia.

Mas, à medida que crescemos e sofremos por amor, podemos perder de vista o fato de que esse sentimento é o que nos impulsiona e nos sustenta, o mais puro e genuíno que reside no centro de nosso coração.

Se você é romântico ou se está desiludido com amor; se você é um casal ou ainda não encontrou essa pessoa especial; Se você é sensível ou pensa que é difícil expressar o que sente, esta história de amor lembrará que, mesmo quando você acha que tudo está perdido, o amor continuará a apoiar você e lhe mostrará que a vida é tão bonita quanto você quiser que seja.

A ilha dos sentimentos

Conta uma velha história que todos os sentimentos e valores do homem viviam em uma ilha perdida no oceano. Havia sabedoria, tristeza, raiva, bom humor e tantos outros. Também veio um dia de amor. Mas, logo, notícias terríveis foram divulgadas: a ilha afundaria.

Rapidamente, sentimentos e valores prepararam seus barcos e fugiram de lá, mas o amor permaneceu na ilha, esperando por alguém.

Vaidade passou, com um barco cheio de luxos e brilhos. O amor lhe pediu para ir junto, mas a vaidade lhe disse:

– Desculpe, meu amigo. Meu barco está cheio de tesouros. Eu não posso levar ninguém.

O amor então pediu para o orgulho ajudar, mas também recusou:

– Eu não posso te levar, amor. Eu preciso sair daqui sozinha. Eu não preciso de mais ninguém.

tristeza passou atrás e o amor também pediu ajuda. Mas, novamente ele recebeu uma resposta negativa:

– Eu não estou afim de suas histórias felizes, amor.

Quando ele estava prestes a desistir, o amor ouviu uma voz dizendo:

– Vamos, cara, vamos sair daqui.

Ele ficou tão feliz que nunca perguntou o nome do barqueiro que, quando chegou ao continente, se afastou novamente no horizonte.

Então o amor se aproximou da sabedoria e perguntou:

– Você sabe quem me trouxe aqui?

– Foi o tempo – Sabedoria respondeu com sua voz calma e firme.

– O tempo? – O amor se perguntou – Por que será?

– Só o tempo é capaz de entender como o amor é importante na vida – respondeu a sabedoria com um sorriso.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.