Como a inveja funciona e quais são suas consequências?


A inveja é um sentimento mesquinho, nascido do ressentimento que ocorre na pessoa que a experimenta por não poder acessar um bem ou uma qualidade que outra pessoa tem e que deseja para si mesma.

Muitas vezes, a inveja ocorre inconscientemente e vai contra os próprios valores da pessoa. 

Mas, há outros casos em que a inveja se torna um hábito e se torna parte do comportamento e da natureza do invejoso, a tal ponto que sua atitude é reconhecível, já que ele nem tenta esconder.

Quais são as características de uma pessoa invejosa?

As pessoas que sofrem de inveja geralmente têm muito baixa autoestima e um medo irracional de se sentir inferior aos outros.

Isso afeta a adoção de atitudes de sarcasmo ou comentários inadequados, quando outra pessoa comunica alguma conquista ou obtém algo de bom.

Obviamente, isso gera uma posição de rejeição em relação a sua pessoa, de modo que ele tende a ter poucas amizades e a viver em solidão ou isolamento social.

Essa mesma solidão o impede de compartilhar suas próprias realizações com o resto das pessoas, então ele começa a experimentar sentimentos negativos, como frustração, raiva e tristeza.

Esse tipo de emoção não traz nenhum benefício para a pessoa invejosa. Pelo contrário, limita seu crescimento pessoal e cria nele uma espécie de estagnação emocional; isso o impede de avançar e amadurecer.

Que efeitos a inveja tem sobre a pessoa?

Os efeitos causados ​​pelo sentimento de inveja em uma pessoa dependerão da estrutura da personalidade que ela possui.

Existem pessoas invejosas “momentâneas”, nas quais a inveja nada mais é do que um problema de atitude. 

Em outros casos de maior gravidade, a pessoa faz do objeto de sua inveja um assunto com o qual vive e causa desgaste emocional, que pode até se somar e começar a experimentar até distúrbios de saúde.

Entre esses distúrbios, os mais comuns são os seguintes:

  • Dor de estômago aguda, que pode até se tornar uma úlcera.
  • O enfraquecimento do sistema imunológico, que torna a pessoa propensa a sofrer de doenças oportunistas e outras condições.
  • Possibilidade de que o sentimento de inveja possa evoluir até se tornar uma obsessão.
  • Distúrbios no sistema digestivo, que podem causar problemas com prisão de ventre e falta de apetite.
  • Dificuldades em adormecer, desencadeando um estado de fadiga crônica.
  • Caixas de estresse que geram mais segregação de hormônios como cortisol e adrenalina.
  • Apresentação de bruxismo (hábito involuntário de apertar os dentes).
  • Incapacidade de se concentrar em suas atividades habituais, produto de manter o foco na causa do sentimento de inveja.

Dicas para controlar o sentimento de inveja:

Os conselhos a seguir procuram conscientizar as pessoas que sofrem de inveja de que existem maneiras de erradicar esse hábito irritante de suas mentes; o que lhes proporcionará muitas satisfações e um sentimento de paz interior:

  1. Entenda que a inveja é uma emoção natural e que, como todas as emoções, deve ser monitorada e controlada.
  2. Admita, dentro da mente, que algumas pessoas ou situações despertam o sentimento de inveja.
  3. Erradique os sentimentos e o comportamento pernicioso que incita esse sentimento.
  4. Aceite-se como pessoa, com suas limitações e habilidades.
  5. Perdoe-se.
  6. Combine desejos com possibilidades.
  7. Aprecie tudo o que foi alcançado até agora e entenda que essas conquistas podem até causar inveja a outras pessoas.
  8. Diga para si mesmo que toda comparação é mesquinha e egoísta.
  9. Trabalhe na sua autoestima.
  10. Seja grato por tudo que você tem.

Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.